The Last of Us: Porque uma prequel estrelada por Joel e Tommy não seria uma má ideia. Entenda

Antes do lançamento da DLC Left Behind, o primeiro The Last of Us (não confundir com The Last of Us Part I) consistia em duas partes: o prólogo e a história principal. No prólogo, os jogadores podem ver o apocalipse como está acontecendo através dos olhos da filha de Joel, Sarah. Em meio a todo o caos e confusão, eles também veem Joel não como um sobrevivente, mas como um pai. Este é um forte contraste de quando os jogadores assumem o controle de Joel na história principal, já que ele se acostumou ao mundo pós-apocalíptico e agora trabalha como contrabandista.
the last of us ps5 remake joel comparison

Entre esses dois períodos de tempo há muito desenvolvimento do personagem para se explorar. Após a morte de Sarah, Joel e seu irmão Tommy devem ter escapado de sua cidade natal, Austin, Texas, e encontrado uma maneira de sobreviver por 20 anos. Há muitas referências a essa época, tanto que criar um jogo de The Last of Us focado nessa trajetória dos irmãos seria totalmente viável.

Sempre que Joel ou Tommy falam do tempo que passaram sobrevivendo juntos, eles olham para isso com desgosto e desdém. Joel indiretamente conta a Ellie sobre quando ele costumava ser um caçador - alguém que torturou, enganou e matou pessoas inocentes de seus pertences apenas para que ele (e potencialmente Tommy) pudessem sobreviver. Foi assim que ele soube da emboscada que um grupo de caçadores estavam fazendo contra ele e Ellie quando entraram em Pittsburgh. Quanto a Tommy. os jogadores o veem conversando com Joel sobre como ele ainda tem pesadelos dos anos que ele e Joel passaram "sobrevivendo", se referindo às coisas indescritíveis que eles fizeram. A culpa que Tommy sentiu em relação ao modo de vida que ele e seu irmão Joel tiveram, levou Tommy a deixar Joel e se juntar aos Vagalumes. Mas mesmo esse relacionamento não durou, pois os jogadores veem que Tommy abandonou os Vagalumes em The Last of Us em favor de administrar uma comunidade em Jackson, Wyoming.

Há uma possibilidade que pode permitir que os jogadores vejam e experimentem o que Joel e Tommy passaram durante esses anos tumultuados. Joel deve ter ficado traumatizado com a morte de Sarah para adotar um modo de vida tão brutal, e Tommy, por lealdade familiar e pena pela situação de Joel, poderia facilmente ter seguido Joel em seu caminho sombrio. Os primeiros anos da fuga do Cordyceps podem ser facilmente vistos como um período de agitação, onde as pessoas estão tentando entender o que está acontecendo e se adaptar à situação. Joel e Tommy devem ter encontrado todos os tipos de pessoas durante esse período. Embora ver versões mais jovens de personagens antigos como Tess e Marlene seja legal, isso também deixa espaço para a Naughty Dog adicionar novos personagens que influenciam os protagonistas.

Visto que o interlúdio contará com versões mais jovens de Joel e Tommy, ambos os personagens devem ser capazes de mais tarefas físicas. O tamanho de Joel nunca permitirá que ele se esprema pelos espaços apertados que Ellie pode em The Last of Us Part II, mas ele poderia correr mais rápido e lidar com mais inimigos sozinho. O jogo pode mostrar como Joel evolui de um sobrevivente relutante para um caçador implacável, à medida que suas técnicas mudam para se tornarem mais brutais.

Tal como acontece com todos os jogos de The Last of Us, as parcerias e os diálogos alimentam diretamente a jogabilidade. Tommy, sendo um pouco mais novo que Joel, pode combinar com seu irmão para realizar algumas táticas em equipe. A afinidade de Tommy por rifles pode permitir que ele forneça suporte de longo alcance a Joel enquanto ele se move para alguns ataques furtivos ( com base no que foi visto na sequência de rifle com Joel e Ellie em The Last of Us). Ele também poderia fornecer apoio de curto alcance, perseguindo a cobertura e eliminando oponentes. A Naughty Dog poderia enfatizar o relacionamento de Joel e Tommy como irmãos, permitindo que os jogadores dessem comandos simples de inteligência artificial. Ter um mínimo de controle sobre um companheiro é algo que os jogadores apreciariam muito e daria à Naughty Dog a chance de expandir ainda mais a franquia criativamente. Não apenas para este jogo, mas também para seus futuros títulos.

Ainda há muito o que se discutir com essa ideia, mas a Naughty Dog já estabeleceu uma base sólida para isso. Joel e Tommy são personagens amados na franquia The Last of Us e ter a oportunidade de ver o outro lado deles seria muito bem recebido. Isso daria aos desenvolvedores a chance de trazer os fãs do jogo original de volta ao mundo pelo qual se apaixonaram. The Last of Us Part 1 já está disponível para PlayStation 5.

PUBLICIDADE

Leia também

Elden Ring atingiu a incrível marca de 25 milhões de cópias vendidas.

Conforme divulgado no Twitter, a comemoração desse feito veio logo após a atualização de março de 2024. Isso indica que o título obteve um...

Que horas estreia a temporada 2 de A Casa do Dragão na Max?

A aguardada continuação de A Casa do Dragão, spin-off de Game of Thrones, estará de volta a partir deste domingo, 16, com os novos...

Bad Boys 4 tem cena pós-créditos? Tudo para assistir ao filme de 2024

À medida que se aproxima o final de Bad Boys 4 (Ride or Die), os fãs que curtiram o filme, já ficam na expectativa...

Bridgerton 3: Nova temporada da série está completa para assistir online

A terceira temporada de “Bridgerton” retornou com sua parte 2, e os fãs estão entusiasmados com os novos episódios disponíveis na Netflix desde 13...

The Boys 4 | Como assistir os episódios da nova temporada? Confira as datas!

The Boys 4 já está disponível para assistir no Amazon Prime Video. A esperada Temporada 4 da série que satiriza o mundo dos super-heróis...

Divertida Mente 2 tem cena pós-créditos? Entenda o que acontece no final do filme

A aguardada sequência do filme da Pixar, ‘Divertida Mente 2’ (Inside Out 2), não só promete continuar a explorar as complexas emoções humanas através...