Empresas de jogos se posicionam sobre a invasão na Ucrânia

O conflito que acontece na Ucrânia com a invasão das tropas russas está causando um grande impacto nos estúdios de vídeo game. E logo após a manifestação da desenvolvedora ucraniana, a GSC Game World, outras empresas também se posicionaram acerca do assunto.

uCRANIA 1

A Eletronic Arts (EA) fez um comunicado oficial em seu site, publicando uma nota em que ela diz está ‘chocada com o conflito’ e pedindo ‘por paz e pelo fim da invasão’. O comunicado ainda diz que a EA se solidariza com o povo da Ucrânia e torce para que todos fiquem seguros. Além disso, a empresa avisou que vai parar de vender seus produtos na Rússia e na Bielorrússia até que seus ataques parem, incluindo também a suspensão de microtransações em seus jogos já lançados.

Outras companhias também se manifestaram e a Pokemon Company disse que está ‘com as crianças e famílias da Ucrânia’ e que doou 200 mil dólares para a instituição Global Giving, que está prestando ajuda humanitária atualmente no conflito. A Remedy, desenvolvedora finlandesa, criadora de Allan Wake e Control, comunicou que apoia a Ucrânia e que está tentando ajudar seus funcionários ucranianos e suas famílias, e que doou 50 mil euros para a organização Cruz Vermelha, que está ajudando no conflito e falaram mais: “Nós também estamos dando suporte aos nossos funcionários russos, que estão chocados com essa guerra brutal. Não culpem aqueles que não são responsáveis.”

A empresa polonesa CD Project Red, criadora de The Witcher e Cyberpunk 2077, também interrompeu a venda de seus jogos na Rússia e Bielorrússia tanto nas versões físicas como digitais de seus jogos e declarou apoio a Ucrânia.

Ainda que nós não sejamos uma entidade política capaz de influenciar questões de estado e nós não aspiramos ser uma, nós acreditamos que entidades comerciais quando unidas, tem o poder de inspirar mudança global nos corações e mentes das pessoas comuns.”

Eles reforçam também que jogadores individuais russos não têm nada a ver com a invasão, apesar de eles serem impactados pela decisão. O estúdio sueco Avalanche Studios, de Just Cause, disse que condena fortemente a invasão da Ucrânia e que entre as 44 nacionalidades que há compõem como estúdio, eles apoiam seus funcionários ucranianos. Eles fizeram também uma doação para o Alto Comissariado das Nações Unidas para os refugiados.

A invasão da Rússia a Ucrânia já chega no seu décimo terceiro dia desse conflito e a Rússia boicotou a audiência que discutirá a guerra na Corte Internacional de justiça da ONU, em Haia. Então ainda não há previsão de quando esses conflitos irão cessar.

PUBLICIDADE

Leia também

The Rogue Prince of Persia é lançado em acesso antecipado. Confira como jogar!

O Príncipe Renegado de Persia é um emocionante jogo de ação e plataforma em 2D, com elementos de roguelike, desenvolvido pela Evil Empire. Ele foi lançado em acesso antecipado para...

Furiosa: Uma saga Mad Max dublado ou legendado | Onde assistir o novo filme

Furiosa é a nova aventura explosiva do universo Mad Max! Anya Taylor-Joy e Chris Hemsworth estão prontos para arrasar no novo filme que acaba...

Hellblade 2 chega ao Xbox Game Pass | Confira aqui como jogar com Xcloud

O lançamento de Senua's Saga: Hellblade 2 aconteceu agora dia 21 de maio marca um momento significativo no mundo dos jogos, trazendo uma continuação...

Novo Call of Duty: Black Ops pode ser revelado em breve

O entusiasmo para o próximo Call of Duty está começando a se intensificar graças a um novo site de teaser em thetruthlies.com, que apresenta...

Shadow of the Erdtree, DLC de Elden Ring recebe trailer de história

A FromSoftware e a Bandai Namco Entertainment Inc. divulgaram novas informações sobre o conteúdo da expansão ELDEN RING Shadow of the Erdtree. Essa expansão traz...

Bridgerton 3 dublado e legendado: Tudo para assistir a nova temporada da série do Netflix

A temporada 3 de Bridgerton já está online pra assistir. O novo bloco de episódios traz novamente no mundo da alta sociedade londrina do...