The Legend Of Zelda | Entenda a ordem cronológica da franquia [ATUALIZADO]

Confira a melhor maneira de entender a cronologia da franquia

A ordem cronológica correta da franquia The Legend Of Zelda não é exatamente uma coisa tão simples de se explicar. Principalmente por sua linha do tempo dos jogos ser dividida em diferentes divisões que seguem caminhos totalmente diferentes de um jogo para o outro.

Por mais que isso para alguns seja um problema, para os mais fãs da franquia é um prato cheio para muitas horas de teoria.

Outro fato, é que por ser uma franquia muito antiga, jogar The Legend of Zelda em sua ordem cronológica correta pode ser um grande desafio, pois os jogos estão espalhados por vários consoles diferentes da Nintendo, e alguns deles nunca foram portados para sistemas modernos.

Uma pessoa que possui um Nintendo Switch, um Nintendo 3DS e um Nintendo Wii U terá mais acesso a diversos títulos, mas ainda existem alguns jogos Legend of Zelda que estão bloqueados para sistemas mais antigos.

Vale lembrar ainda, que um novo jogo está chegando para dar uma bela atualizada na lista de jogos desse universo. Que se trata do The Legend of Zelda: Tears of the Kingdom, jogo que chega agora para Nintendo Switch, e que também se encaixa na ordem dos jogos.

Então vamos lá, aqui está de forma resumida, a ordem cronológica atualizada para quem quer jogar The Legend Of Zelda do início ao fim:

Explicando as linhas do tempo de Zelda

Cada linha do tempo tem seus próprios jogos e eventos, e há vários jogos que se encaixam em mais de uma linha do tempo ou em nenhum delas. Essa estrutura complexa permite que a franquia Zelda explore diferentes histórias e universos, enquanto mantém uma conexão comum entre eles.

  1. Linha do Tempo do Herói Caído: O herói (Link) cai em batalha. Uma linha do tempo continua a partir daqui, seguindo a derrota do herói e o que acontece a seguir.
  2. A linha do tempo criança: O herói vence Ganon e é enviado de volta no tempo, sete anos antes, para interromper a trama de Ganondorf antes que ela possa continuar. Uma linha do tempo continua a partir da história deste Link mais jovem, depois que ele e Zelda frustram os planos de Ganondorf.
  3. A linha do tempo adulta: o herói vence Ganon. Outra linha do tempo continua a partir deste ponto, seguindo a história da versão mais antiga de Link e Zelda, uma vez que Ganon é selado.
  4. A linha do tempo da calamidade: Muitos anos no futuro, as três linhas temporais convergiram entre si, originando uma nova Era para o universo da franquia.

A era do céu para o herói do tempo (O início da história)

Tudo começa aqui, muito antes que o Reino de Hyrule seja fundado ou a Master Sword seja criada. Antes de Skyward Sword, que é a primeira entrada na cronologia, a história de Link e Zelda já havia começado.

  • The Legend of Zelda: Skyward Sword
  • The Legend of Zelda: Minish Cap
  • The Legend of Zelda: Four Swords
  • The Legend of Zelda: Ocarina of Time

A linha do tempo criança

  • The Legend of Zelda: A Link to the Past
  • The Legend of Zelda: Link’s Awakening
  • The Legend of Zelda: Oracle of Ages ou The Legend of Zelda: Oracle of Seasons
  • The Legend of Zelda: A Link Between Worlds
  • The Legend of Zelda: Tri Force Heroes
  • The Legend of Zelda
  • The Adventure of Link

A linha do tempo adulta

  • The Legend of Zelda: Majora’s Mask
  • The Legend of Zelda: Twilight Princess
  • The Legend of Zelda: Four Swords Adventures

A linha do tempo da calamidade

  • Hyrule Warriors: Age of Calamity
  • The Legend of Zelda: Breath of the Wild
  • The Legend of Zelda: Tears of the Kingdom

Lista de todos os jogos The Legend of Zelda por ordem de lançamento

Além da ordem cronológica, outra maneira interessante de jogar cada aventura da franquia é aproveitado cada jogo por sua ordem de lançamento, e assim, ir acompanhando a evolução dos jogos de acordo com os anos. Confira a lista atualizada:

  • The Legend of Zelda (Nintendo Entertainment System, 1986)
  • Zelda II: The Adventure of Link (Nintendo Entertainment System, 1987)
  • The Legend of Zelda: A Link to the Past (Super Nintendo Entertainment System, 1991)
  • The Legend of Zelda: Link’s Awakening (Game Boy, 1993)
  • The Legend of Zelda: Ocarina of Time (Nintendo 64, 1998)
  • The Legend of Zelda: Majora’s Mask (Nintendo 64, 2000)
  • The Legend of Zelda: Oracle of Ages/Oracle of Seasons (Game Boy Color, 2001)
  • The Legend of Zelda: Four Swords (Game Boy Advance 2002)
  • The Legend of Zelda: The Wind Waker (Nintendo GameCube, 2002)
  • The Legend of Zelda: Four Swords Adventures (Nintendo GameCube, 2004)
  • The Legend of Zelda: The Minish Cap (Game Boy Advance, 2004)
  • The Legend of Zelda: Twilight Princess (Nintendo GameCube/Wii, 2006)
  • The Legend of Zelda: Phantom Hourglass (Nintendo DS, 2007)
  • The Legend of Zelda: Spirit Tracks (Nintendo DS, 2008)
  • The Legend of Zelda: Skyward Sword (Wii, 2011)
  • The Legend of Zelda: A Link Between Worlds (Nintendo 3DS, 2013)
  • The Legend of Zelda: Tri Force Heroes (Nintendo 3DS, 2015)
  • The Legend of Zelda: Breath of the Wild (Wii U/Switch, 2017)
  • Hyrule Warriors: Age of Calamity (Switch, 2020)
  • The Legend of Zelda: Tears of the Kingdom (Switch, 2023)

Um pouco da história de cada jogo Zelda

The Legend of Zelda (1986)

É o primeiro jogo da série Zelda e estabeleceu muitos dos elementos que se tornaram a marca registrada da franquia. O jogo começa com Link, o herói da série, recebendo a missão de resgatar a princesa Zelda e recuperar as oito peças da Triforce, um artefato sagrado que garante a quem o possui um desejo.

1986-the-legend-of-zelda

Ao longo do jogo, Link enfrenta vários chefes, incluindo Gohma, um gigante aracnídeo que protege a primeira masmorra, e Ganon, o vilão final que roubou a Triforce e espera que Link o desafie. O jogo termina com Link derrotando Ganon, resgatando Zelda e recuperando as peças da Triforce.

  • Plataformas: NES, GameCube, Wii, Wii U, 3DS e Switch
Zelda II: The Adventure of Link (1987)

A história se passa alguns anos após os eventos do primeiro jogo, onde o protagonista Link descobre que ele é o herdeiro de uma linhagem de cavaleiros que guardavam a Triforce, um artefato sagrado que concede poder e sabedoria ao seu possuidor. A Triforce é dividida em três partes, representando o poder, a sabedoria e a coragem.

Zelda2-ordem-dos-jogos_avance

No início do jogo, Link recebe uma mensagem do castelo de Hyrule informando que a Princesa Zelda está em perigo. Ao chegar no castelo, ele descobre que a Princesa está em sono profundo e que somente a Triforce do Poder pode acordá-la. Link precisa então encontrar as seis cristais espalhados por todo o reino de Hyrule para abrir a entrada ao palácio onde a Triforce está guardada.

Durante sua jornada, Link encontra inimigos poderosos, como os guardiões dos templos que guardam os cristais e o feiticeiro Ganon, que busca a Triforce para obter o poder supremo. Para aumentar sua força e habilidade, Link deve viajar para cidades e aldeias e falar com os moradores locais, que oferecem dicas e conselhos úteis.

O jogo trouxe combates realizados em 2D com visão lateral, algo que assustou muitos jogadores na época.

  • Plataformas: NES, GameCube, GBA, Wii, Wii U, Switch
The Legend of Zelda: A Link to the Past (1991)

O jogo coloca o protagonista acordando por causa de um chamado da princesa Zelda em seu sonho. Ele segue em uma jornada para salvar Hyrule e impedir o retorno de Ganon.

zelda-A Link to the Past-ordem

Para isso, precisa viajar entre dois mundos paralelos e salvar as donzelas descendentes dos grandes Sábios. A história da Imprisoning War é contada nesta obra em maiores detalhes.

  • Plataformas: SNES, GBA, Nintendo Switch, Wii, Wii U, 3DS
The Legend of Zelda: Link’s Awakening (1993)

A história de “The Legend of Zelda: Link’s Awakening” começa com Link, o herói da franquia, navegando em seu barco quando uma tempestade o atinge e o deixa à deriva. Ele acorda na praia de uma ilha chamada Koholint e é acolhido por uma garota chamada Marin.

The Legend of Zelda Links Awakeni-ordem

Link descobre que para deixar a ilha, ele deve coletar oito instrumentos musicais que estão espalhados em diferentes partes da ilha, e tocá-los juntos para acordar o Wind Fish, uma criatura mítica adormecida em um ovo gigante no topo de uma montanha.

Durante sua jornada, Link encontra vários personagens interessantes, incluindo um ladrão chamado Richard, uma bruxa chamada Syrup e seu ajudante Draygon, e um velho homem que o ajuda a construir uma espada mais poderosa. Também há um subenredo envolvendo um pesadelo malévolo que tenta impedir Link de completar sua missão.

  • Plataformas: Game Boy, Game Boy Color, 3DS, Nintendo Switch
The Legend of Zelda: Ocarina of Time (1998)

A história do jogo segue Link, um jovem Kokiri que deve viajar pelo tempo e se aventurar em várias masmorras para impedir Ganondorf, o Rei dos Gerudos, de obter a Triforce e governar o reino de Hyrule.

No início do jogo, Link é informado pela Grande Deku Tree que ele deve partir em uma jornada para impedir que Ganondorf roube a Triforce. Link é encarregado de coletar três pedras espirituais, que juntas formam a Chave da Triforce. Ele deve então encontrar a lendária Ocarina do Tempo, que lhe permitirá viajar no tempo e enfrentar Ganondorf antes que ele possa obter a Triforce.

legend-of-zelda-ocarina-of-time-ordem

Ao longo do caminho, Link conhece vários personagens importantes, incluindo a princesa Zelda, que ajuda Link em sua jornada, e Sheik, um misterioso guerreiro Sheikah que também ajuda Link a encontrar a Ocarina do Tempo. Link deve coletar vários itens e equipamentos, como a lendária Master Sword e o escudo Hylian, para enfrentar as várias masmorras e inimigos que ele encontra em sua jornada.

O jogo possui duas linhas do tempo diferentes, dependendo do resultado do confronto final entre Link e Ganondorf. Em uma linha do tempo, Link é bem sucedido em sua missão e derrota Ganondorf, resultando em um futuro pacífico para Hyrule. Na outra linha do tempo, Link falha em derrotar Ganondorf, e é levado a uma série de eventos que eventualmente levam aos jogos “The Wind Waker” e “Phantom Hourglass”.

Para isso, o herói usa uma ocarina que o permite viajar no tempo para resgatar todos os Sábios e angariar forças o suficiente para a batalha final. Esta foi a primeira empreitada em 3D da franquia. A partir de sua conclusão, novas linhas do tempo surgiram.

Plataformas: Nintendo 64, Nintendo 3DS, Wii, Wii U

The Legend of Zelda: Majora’s Mask (2000)

Majora’s Mask é a sequência direta de “The Legend of Zelda: Ocarina of Time” e se passa em um universo paralelo, conhecido como Termina.

A história começa com Link, o herói da série, cavalgando por uma floresta enquanto procura por sua amiga, a fada Navi. Ele acaba entrando em uma estranha região conhecida como Lost Woods e é atacado por um ser estranho chamado Skull Kid, que rouba sua ocarina e seu cavalo Epona.

Zelda-Majora's Mask-ordem

Link segue Skull Kid até um lugar chamado Clock Town, onde descobre que ele está usando uma máscara misteriosa, a Majora’s Mask, para trazer a lua para cair sobre Termina em três dias.

Com a ajuda de uma máscara poderosa chamada de Máscara de Transformação, Link é capaz de se transformar em diferentes raças e obter habilidades únicas para ajudá-lo em sua busca para impedir que a lua caia sobre Termina. Ele também conhece vários personagens em suas jornadas, incluindo a máscara Happy, o vendedor de máscaras, a família do moinho, os irmãos Gorman e muitos outros.

Após deixar Hyrule, Link é atacado em uma floresta por Skull Kid, um garoto que usa uma estranha máscara. O herói tem a sua ocarina roubada, assim parte para a cidade de Termina tentar recuperá-la e também salvar o mundo.

  • Plataformas: Nintendo 64, Nintendo 3DS, Wii, Wii U
The Legend of Zelda: Oracle of Ages/Oracle of Seasons (2001)

No jogo, Link é transportado para a terra de Labrynna pela Triforce, onde conhece Impa e Nayru, o Oráculo das Eras. Ele descobre que Labrynna está sob ameaça da malvada feiticeira Veran, que tenta manipular o tempo para dominar a terra.

The Legend of Zelda Oracle of Ages-Ordem

Veran possui o corpo de Nayru e viaja no tempo para alterar a história a seu favor. Link deve viajar no tempo para coletar as oito Essências do Tempo, o que lhe permitirá entrar na Torre Negra e derrotar Veran.

Estes dois títulos foram lançados simultaneamente para o GBC, porém podem ser jogados na ordem que o jogador preferir. Cada jogo completa o outro.

  • Plataformas: Game Boy Color, Nintendo 3DS
The Legend of Zelda: Four Swords (2002)

Como uma parte do pacote na versão de A Link to the Past para o GBA, Four Swords é uma aventura para até quatro jogadores que jogam de forma cooperativa.

Zelda-Four Swords-ordem

A história traz o vilão Vaati que escapa de sua prisão, sequestra Zelda e planeja se casar com a princesa. Cabe a Link e suas cópias o impedirem de sua maldade.

  • Plataformas: Game Boy Advance, DSiWare
The Legend of Zelda: The Wind Waker (2002)

Link é um pequeno garoto que vive em uma ilha no Grande Mar. Link é enviado em uma missão para encontrar sua irmã sequestrada, e para isso ele precisa encontrar três pedaços da Triforce, uma relíquia sagrada que pode conceder desejos.

Zelda-The Wind Waker-Ordem

Durante sua jornada, Link encontra um navio falante, que o ajuda a navegar pelo Grande Mar. Ele também descobre que o mundo em que vive é um antigo reino chamado Hyrule, que foi inundado em um dilúvio para proteger a Triforce de um malvado chamado Ganondorf.

A história de The Wind Waker tem um tom mais leve e alegre do que muitos dos jogos anteriores da série Zelda, mas ainda apresenta uma história emocionante e envolvente com muitos momentos memoráveis.

  • Plataformas: GameCube, Wii U
The Legend of Zelda: Four Swords Adventures (2004)

A história segue o herói Link, que é dividido em quatro cópias de si mesmo, cada uma com uma personalidade diferente. O jogo se passa em Hyrule e começa com a Princesa Zelda percebendo que o mal está se espalhando pela terra.

Zelda-Four Swords Adventures-ordem

Ela convoca Link para ajudá-la a encontrar a causa da perturbação. Link descobre que um feiticeiro maligno chamado Vaati escapou de sua prisão e roubou a espada mágica Four Sword, que é a chave para o Reino Sagrado.

A espada havia sido mantida selada por um grande poder que só pode ser quebrado por quatro heróis trabalhando juntos. Como Link é o único herói disponível no momento, ele deve dividir-se em quatro cópias para usar a espada e derrotar Vaati.

  • Plataformas: GameCube

The Legend of Zelda: The Minish Cap (2004)

Sendo o primeiro jogo da linha do tempo de Zelda que se passa em Hyrule, The Minish Cap coloca Link em uma aventura para salvar seu mundo ao lado de um chapéu falante chamado Ezlo.

zelda-the-minish-cap-ordem

Link recebe uma missão do rei para recuperar a lendária Picori Blade, uma espada sagrada que pode derrotar Vaati. Para isso, ele deve encontrar os Minish, seres pequenos que são invisíveis para os humanos, e que estão espalhados por todo o mundo.

Então, no inicio de sua aventura Link recebe um chapéu mágico do Minish chamado Ezlo, que permite que ele encolha de tamanho e interaja com os Minish. Com a ajuda dos Minish e de sua nova habilidade de encolher, Link começa sua aventura para salvar seu avô e derrotar Vaati.

  • Plataformas: Game Boy Advance, Wii U, Nintendo 3DS
The Legend of Zelda: Twilight Princess (2006)

A história se passa em uma terra chamada Hyrule, onde Link, o protagonista, vive em uma vila chamada Ordon Village. Um dia, os habitantes da vila começam a desaparecer misteriosamente e Link acaba sendo arrastado para um mundo paralelo chamado Twilight Realm.

Zelda-twilight-princess-switch-ordem

Nesse mundo, Link é transformado em um lobo e encontra uma criatura chamada Midna, que se torna sua companheira de aventuras. Juntos, eles precisam reunir os fragmentos da Shadow Crystal para restaurar a luz ao reino de Hyrule e enfrentar o misterioso usurpador Zant, que está tentando dominar o reino.

A história de Twilight Princess é conhecida por ser uma das mais sombrias e adultas da franquia Zelda, explorando temas como sacrifício, traição e redenção. Além disso, o jogo também apresenta uma das representações mais interessantes de Link, que é retratado como um herói solitário e calado que se comunica principalmente por meio de ações, em vez de palavras.

  • Plataformas: GameCube, Wii, Wii U
The Legend of Zelda: Phantom Hourglass (2007)

A história começa onde The Wind Waker terminou. Link e Tetra estão navegando pelo mar quando são atacados por um navio fantasma. Link tenta salvá-la, mas acaba caindo no mar e é levado para o Templo do Mar. Lá, ele conhece o Capitão Linebeck e a Sílfide Ciela.

the-legend-of-zelda_-phantom-hourglass-ordem

Link descobre que para encontrar Tetra e derrotar o navio fantasma, ele precisa reunir três símbolos que representam o poder, sabedoria e coragem. Para fazer isso, ele deve explorar várias masmorras, vencer chefes e coletar tesouros. Ao longo do caminho, Link descobre que o navio fantasma é controlado por um feiticeiro chamado Bellum, que roubou o poder da Sílfide Ciela.

  • Plataformas: DS, Wii U
The Legend of Zelda: Spirit Tracks (2008)

A história começa séculos após os eventos de Phantom Hourglass, com um novo Link e Zelda. Neste jogo, a Princesa Zelda se tornou um espírito e se junta a Link em sua jornada. O jogo apresenta uma mecânica de jogo única, em que o jogador controla Link enquanto viaja em um trem a vapor.

the-legend-of-zelda-spirit-tracks-ordem

Após ser nomeado como um condutor de trem pelo rei de Hyrule, Link deve viajar pelo reino, recolhendo espíritos para restaurar a Torre dos Deuses, que é a chave para selar o malvado espírito do trem, chamado de “Malladus”. No entanto, uma força maléfica liderada pela chanceler Cole, que deseja reviver o espírito maligno, trava uma batalha contra Link e Zelda.

Link e Zelda viajam pelo reino em um trem especial, que é alimentado por uma força vital chamada “Força Sagrada”. O trem é equipado com canhões para combater inimigos, e é capaz de atravessar trilhos que levam a novas áreas do mapa. Durante a jornada, Link e Zelda também encontram os “Espíritos dos Heróis”, que fornecem ajuda e informações para ajudá-los em sua busca.

  • Plataformas: Nintendo DS, Wii U

The Legend of Zelda: Skyward Sword (2011)

A história se passa antes dos eventos de todos os outros jogos da série, contando a origem da Master Sword, o principal artefato da franquia, e a luta contra o malvado demônio Demise.

zelda_skyward_sword_ordem

A história começa na cidade flutuante de Skyloft, onde os humanos vivem em paz e segurança graças a um exército de criaturas voadoras conhecidas como Loftwings. O protagonista, Link, é um jovem cavaleiro que está em treinamento para participar de uma competição de voo com seu Loftwing, Zelda, sua amiga de infância, também está competindo e, durante o evento, ela é capturada por um tornado negro que a leva para a Terra abaixo de Skyloft.

Link decide partir em uma jornada para resgatar Zelda e descobre que ela está destinada a desempenhar um papel importante na luta contra Demise. Ele viaja para a Terra abaixo, onde conhece a raça dos Kikwis e dos Mogmas, bem como a misteriosa Sheikah Impa, que o guia em sua missão.

  • Plataformas: Wii e Switch
The Legend of Zelda: A Link Between Worlds (2013)

A história de A Link Between Worlds se passa no reino de Hyrule, onde um jovem chamado Link deve embarcar em uma jornada para salvar o reino das forças do mal. O jogo começa com Link trabalhando como aprendiz de um ferreiro em Hyrule. Um dia, ele é visitado pela Princesa Zelda, que o chama para ajudá-la a encontrar sete sábios que foram capturados pelo vilão Yuga.

zelda-A Link Between Worlds-ordem

Yuga é um mago malvado que busca ressuscitar um antigo vilão chamado Ganon, usando os poderes dos sete sábios para isso. Link é então transportado para o reino de Lorule, um mundo paralelo ao de Hyrule, onde conhece a princesa Hilda. Hilda pede a ajuda de Link para encontrar sete objetos chamados Pedras Mestras, que são necessários para derrotar Yuga e salvar os sábios.

A história se passa muitos anos após A Link to the Past e Link’s Awakening. O jogo permite que as dungeons sejam jogadas na ordem que o jogador preferir.

  • Plataformas: Nintendo 3DS
The Legend of Zelda: Tri Force Heroes (2015)

A história de The Legend of Zelda: Tri Force Heroes segue o reino de Hytopia, onde a moda é de extrema importância, e uma bruxa chamada “The Lady” lançou uma maldição sobre a princesa Styla, fazendo-a usar um feio macacão marrom. Para quebrar a maldição, três heróis são chamados a viajar para as Drablands e recuperar os materiais necessários para criar novas roupas para a princesa.

Zelda-Tri Force Heroes_ordem

O jogador assume o papel de um dos três heróis, que devem viajar por diversas áreas temáticas, cada uma com seu próprio conjunto de desafios e quebra-cabeças. Ao longo do caminho, eles encontram vários inimigos, incluindo chefes no final de cada nível. Os heróis devem trabalhar juntos para resolver quebra-cabeças e derrotar os chefes para progredir no jogo.

Eles viajam para Drablands, um local recheado de armadilhas e puzzles perfeitos para trabalho cooperativo. Este título tem total ligação com o protagonista de A Link Between Worlds na linha do tempo de Zelda.

  • Plataformas: Nintendo 3DS
The Legend of Zelda: Breath of the Wild (2017)

A história começa com Link acordando em uma câmara de ressurreição, sem memória de seu passado. Ele é informado por uma misteriosa voz chamada Sheikah Slate que ele deve deixar o Santuário da Ressurreição e explorar o mundo aberto do jogo.

Link logo descobre que o reino de Hyrule foi devastado por Calamity Ganon, uma antiga força do mal que foi selada em um castelo por milhares de anos, mas que agora se libertou e ameaça destruir Hyrule.

Zelda-Breath of the Wild-ordem

Ao longo de sua jornada, Link encontra personagens importantes como a princesa Zelda, que tem um papel fundamental na luta contra Ganon. Ele deve explorar vastas terras, encontrar artefatos antigos e desvendar enigmas em masmorras para progredir na história e aumentar suas habilidades. Link também pode cozinhar, caçar e montar seu próprio equipamento para sobreviver nas vastas planícies, montanhas e desertos do jogo.

A história de Breath of the Wild apresenta uma abordagem não-linear, permitindo que o jogador escolha a ordem em que as masmorras são concluídas e os personagens são encontrados. O jogo também inclui múltiplos finais, dependendo das ações do jogador.

  • Plataformas: Wii U, Switch
Hyrule Warriors: Age of Calamity (2020)

Hyrule Warriors: Age of Calamity é um game no estilo Musou, um Hack and Slash no qual você controla um personagem contra um enorme exercito de inimigos utilizando diversos combos.

Zelda-hyrule-warriors-age-of-calamity-ordem

A história de Age of Calamity se passa 100 anos antes dos eventos de The Legend of Zelda: Breath of the Wild e serve como uma prequela desse jogo. Nesta linha do tempo alternativa, vemos os eventos que antecederam a Grande Calamidade e o despertar da Calamidade Ganon.

Tudo se inicia com uma profecia que prediz a ascensão de Calamity Ganon e a destruição que ele trará para a terra de Hyrule. Os líderes do reino, incluindo a Princesa Zelda, formam uma aliança com os quatro Campeões de Hyrule para impedir que a profecia se torne realidade.

À medida que os jogadores progridem no jogo, eles assumem o controle de diferentes personagens, incluindo Link, Zelda e os Campeões, e participam de batalhas contra os inimigos de Hyrule. Ao longo do caminho, eles encontram diferentes personagens, novos e familiares, e aprendem mais sobre suas motivações e histórias.

Além disso, há também um pouco de história dos quatro guardiões, das bestas divinas e da própria princesa Zelda.

Plataformas: Switch

The Legend of Zelda: Tears of the Kingdom (2023)

O jogo começa exatamente após a conclusão de Breath of the Wild, que após a derrota de Calamity Ganon, Link liberta a princesa Zelda e ambos se aventuram dentro do castelo de Hyrule.

Lá eles encontram um corpo mumificado que remete ao de Ganondorf e, então, uma energia maligna desperta e separa o herói e a princesa.

Caberá a Link reencontrar Zelda e impedir a nova ameaça, de modo a reparar Hyrule.

Plataformas: Switch

Um novo passo para a franquia

The Legend of Zelda: Tears of the Kingdom, chega exclusivamente ao Nintendo Switch no dia 12 de maio, e irá nos mostrar para onde essa incrível franquia está caminhando. Trazendo novos e antigos personagens para mais uma aventura cheia de aventuras com muita emoção.

Fique ligado aqui no Avance Games para mais novidades de The Legend of Zelda.

PUBLICIDADE

Leia também

Temporada 2 de The Last Of Us é confirmada para 2025

Com as gravações marcadas para o início de 2024, a HBO acabou de confirmar em suas redes sociais que a temporada 2 para a...

Bilheteria de As Marvels é o menor da história do MCU

As Marvels, a sequência do filme de super-heróis de 2019, era esperada como um grande sucesso nas bilheterias. Mas o que aconteceu foi um...

Pinguim: Veja Colin Farrell em novas imagens e cenas da série

Um novo teaser da HBO Max revelou uma nova imagem e alguns trechos inéditos de Pinguim (The Penguin), a série derivada do filme Batman...

Avatar: Frontiers of Pandora parece não agradar aos críticos

Desenvolvido e publicado pela gigante Ubisoft, Avatar: Frontiers of Pandora é o mais recente projeto criado totalmente do zero para trazer o mundo fantástico...

Lego Fortnite está chegando! Confira o novo trailer

A Epic Games surpreendeu os fãs com o lançamento do trailer cinematográfico de LEGO Fortnite, mostrando a incrível mistura entre o universo LEGO e...

Forza Horizon 5 e Velozes e Furiosos 10 | Confira todos os carros

Um novo mês, uma nova atualização de Forza Horizon 5. O jogo de corrida em mundo aberto favorito de todos está celebrando as festas...