O estúdio Vicarius Visions da Activision, que também fez a nova Trilogia de Crash oficializou sua fusão com a Blizzard Entertainment.

Esse remanejamento dos esforços da desenvolvedora para ajudar os estúdios de Warcraft e Overwatch já tinha sido anunciado em 2021, como até já havia sido dito por aqui, ano passado, mas só agora foi concluído. Em outras palavras, a Vicarius Visions agora é uma força-tarefa dos projetos da Blizzard e vai mudar de nome.

O comunicado foi realizado no perfil oficial do Twitter e diz que o time de desenvolvimento vai continuar no mesmo lugar, mas eles irão trabalhar integralmente nos games da Blizzard a partir de agora.

Para quem ainda não sabe ou não lembra de seu histórico, a Vicarius Visions ficou muito conhecida pelo público nos últimos anos pelo seus sucessos com a Trilogia de Crash Bandicoot e Tony Hawk’s, mas ela já existia há pelo menos 30 anos, sendo a mesma fundada em 1991 e foi adquirida pela Activision em 2005.

No seu currículo, existem dezenas de ports de grandes sucessos da Activision para plataformas secundárias, como por exemplo lançar coisas para o Playstation 3 e Xbox 360 e faziam para o Wii e GBA, com ports para portáteis também. Mas fizeram alguns sucessos originais, como Spider Man 2 (PS1), Crash Nitro Kart e Marvel Ultimate Aliance 2.

Como parte da fusão, o chefe da Vicarious Visions, Jen Oneal, foi promovido a vice-presidente executivo de desenvolvimento da Blizzard Entertainment. Ela agora se reportará diretamente ao presidente da empresa J. Allen Brack (J. Allen Brack). Simon Ebejer, ex-COO do estúdio, substituirá Onil como chefe da equipe Vicarious Visions.

A partir de agora o estúdio será responsável por desenvolver projetos da gigante norte-americana. Em linhas gerais, isso significa que a Vicarious não criará mais jogos como principal desenvolvedora.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui