RIP: Reformulação de Anthem é cancelada

Compartilhe isso!

Como já se especulava há algumas semanas, a atualização Anthem Next, também conhecida como Anthem 2.0, foi cancelada pela BioWare. O estúdio agora irá focar nas franquias Mass Effect e Dragon Age.

Em postagem no blog oficial da BioWare, o produtor executivo Christian Dailey detalha que as complicações geradas pela pandemia da Covid-19 levaram ao cancelamento do projeto. A equipe envolvida, que estava trabalhando na reformulação desde 2019, agora fará parte da produção do próximo Dragon Age.

Isso não significa que o jogo irá acabar por completo. Os servidores continuarão ativos, mas novas atualizações não devem ser lançadas. Isso significa que Anthem deve permanecer funcionando até que a EA resolva desligar os parelhos.

Segundo uma reportagem lançada no começo do mês, três fontes internas afirmavam que a EA faria uma reunião onde iria decidir se valia a pena continuar o projeto, que contava com o trabalho de apenas 30 pessoas. Indivíduos que sabem dos bastidores alegam que para garantir o sucesso da atualização, assim como melhorias futuras, seria necessário uma equipe três vezes maior. Isso requer um orçamento que os executivos podiam não estar dispostos à liberar.

Se isso algum dia teve futuro, esse dia não é hoje.

Leia também!

Do flop à esperança… e ao flop novamente

Após sete anos de um desenvolvimento conturbado, a BioWare teve de produzir o game em um período de apenas 18 meses. Um trailer com gameplay foi lançado ao público em junho de 2017, mas hoje se sabe que era quase inteiramente falso.

Tendo de lutar para replicar o que foi mostrado na demo, até mesmo a mecânica de voo (uma espécie de “simulador de Homem de Ferro”) havia sido cortada. Patrick Söderlund, ex-executivo da EA, teve acesso à uma demo sem voo e criticou o desenvolvimento, fazendo com que a mecânica fosse reintroduzida.

Um dos pontos altos do jogo, mecânica chegou a ser removida no meio da produção.

Anthem acabou lançado em fevereiro de 2019, sendo mal recebido por público e crítica. Apesar dos belos gráficos e de ser divertido controlar os Javelins, o game foi criticado pelo sistema de progressão pobre, missões repetitivas e história sem graça.

Ainda em 2019, o game havia vendido menos de 6 milhões de cópias. É um bom número para os padrões da indústria, mas com a grande maioria dos jogadores abandonando o barco, os resultados devem ter sido decepcionantes para os executivos da EA. Eles provavelmente esperavam que o título fosse um sucesso como Destiny, sendo um jogo onde quem joga pode gastar dinheiro de forma recorrente através de microtransações.

No ano passado, a desenvolvedora anunciou que a experiência, incluindo interface e sistemas de progressão, seria retrabalhada em Anthem Next. O produtor executivo, Christian Dailey, escreveu três posts num blog descrevendo as mudanças que viriam. No entanto, Dailey deixou o projeto em dezembro para comandar Dragon Age 4, levantando dúvidas sobre o destino do game.

A BioWare irá lançar a trilogia remasterizada de Mass Effect em 14 de maio. O próximo Dragon Age está em produção, enquanto um novo Mass Effect deve ser lançado para a nova geração de consoles nos próximos anos. Resta saber se esses projetos irão salvar a empresa do buraco em que se encontra, especialmente por ter a EA como dona…

Clique aqui e saiba mais sobre as mais recentes novidades dos games!

Então, não se esqueça de se inscrever no nosso canal do Youtube, seguir nosso Instagram e curtir nossa página no Facebook


Compartilhe isso!

2 thoughts on “RIP: Reformulação de Anthem é cancelada

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *