De acordo com a reportagem do site Video Games Chronicle, a saída do ex-diretor Dan Neuburger do estúdio The Initiative foi só a ponta do iceberg. Os problemas são ainda maiores e isso afeta o reboot de Perfect Dark de forma direta.

A desenvolvedora tem sofrido com a saída significativa de membros sênior da equipe de desenvolvimento, isso tudo graças a uma suposta falta de autonomia e liberdade criativa para fazer o projeto. Um dos entrevistados dessa matéria chegou a declarar que:

Fazer jogos já é difícil o suficiente, imagina quando você sente que não consegue se fazer entender com pessoas que fazem decisões que afetam todo mundo.”

Isso tudo teria levado a 34 pessoas, o que significa metade da equipe central de desenvolvimento do projeto a deixar a companhia entre 2021 e 2022, incluindo roteiristas, designers e até mesmo algumas figuras de liderança, como Dan Neuburger, entre outros. O estúdio no atual momento conta com menos de 50 funcionários, com 12 contratações nos últimos 12 meses, segundo análise da BGC no Linkedin. Procurado pela própria BGC, o chefe de estúdio do The Initiative, falou sobre essa situação.

Não é fácil construir um estúdio e reinventar uma franquia adorada. Nessa jornada não é incomum que ocorram mudanças na staff, especialmente em uma época de instabilidade global como nos últimos 2 anos e há muito trabalho a nossa frente para trazer uma experiência fantástica de Perfect Dark para nossos jogadores. Desejamos o melhor aos nossos antigos colegas e estou confiante na equipe que temos agora, no novo talento entrando e mal podemos esperar para compartilhar mais coisas com os fãs.”

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui