PUBLICIDADE

A Sony revelou os números de vendas e dinheiro arrecadado com games no último trimestre, e os números não são muito animadores, com o ps5 não vendendo muito e jogos tendo uma procura menor do que no ano passado.

A empresa revelou que vendeu cerca de 2,4 milhões de Playstation 5 durante o segundo trimestre de 2022. O resultado alcançado coloca a Sony distante da meta de vender 18 milhões de unidades no atual ano fiscal, que acaba em março de 2023. Fazendo as contas de uma forma mais pragmática, ela vai precisar vender 15,7 milhões de unidades de consoles nos próximos três trimestres para assim poder alcançar a meta. Parece ser um objetivo bem difícil, dadas as circunstâncias.

PUBLICIDADE

E para poder realizar esse objetivo, a fabricante declarou a investidores que irá aumentar a produção de consoles, visando as festas de fim de ano. A título de comparação, ano passado, a Sony vendeu 11,5 milhões de consoles em 2021. Fazendo um total de contas, a indústria japonesa já vendeu cerca de 21, 7 milhões de unidades em todo o mundo.

Como já foi dito algumas vezes por aqui, um dos grande fatores que colaboraram para esses números mais baixos do que o esperado, é de que a crise mundial dos semicondutores afetou bastante a empresa e suas vendas. Mas a preocupação da Sony náo pára por aí.

Com a expectativa quebrada devido a baixa venda de consoles e jogos, a Sony também começa a se preocupar com seus assinantes da PS Plus. No último trimestre, o número de assinantes caiu em mais 100 mil usuários pelo mundo. Mesmo com uma quantidade bem alta de assinantes (47, 3 milhões), a empresa japonesa liga o alerta deve buscar por estratégias para reverter esse quadro.

PUBLICIDADE