PUBLICIDADE

É isso mesmo que você leu. Saiu o resultado do levantamento anual Pesquisa Game Brasil de 2022, mais conhecida como PGB.

Essa pesquisa analisa os hábitos do brasileiro em relação aos jogos digitais e mede preferências, demografia e uma série de outras coisas, e você não vai acreditar nos resultados. Segundo a PGB realizada esse ano, 3 em cada 4 brasileiros jogam algum game, tornando essa a maior marca histórica registrada pela pesquisa e representa 2,5 pontos percentuais a mais que o levantamento feito ano passado.

PUBLICIDADE

A plataforma mais popular segue sendo os celulares, com 48.3% do público entrevistado, o que representa quase a metade da pesquisa. As mulheres são maioria, com mais de 60% do público mobile. Já nos consoles e PC, o público masculino são a maioria, representando um percentual de 63% dos vídeo games domésticos e 58% dos computadores, ou PC.

As mulheres por mais uma vez, são maioria no montante geral de jogadores, formando 51% de pessoas que jogam no Brasil. Em termos de idade, pessoas de 20 a 24 anos são a maioria, representando um quarto, ou na verdade, um pouco mais que isso, com 25.5% do total. Logo em seguida vêm os adolescentes de 16 a 19 anos (17.7%) seguindo por pessoas de 25 a 29 anos (13.6%). Quem tem entre 30 e 34 anos estão na faixa dos 12.9% e para fechar, os que tem entre 35 e 39 anos, com 11.2% dos jogadores no Brasil.

A pandemia foi considerada um fator determinante também nessa escalada ascendente de pessoas que passaram a jogar algo, além de fazer com que os que já jogavam jogar ainda mais. Segunda a pesquisa, 72.2% dos entrevistados afirmam ter jogado mais durante esse período e 57.9% marcaram mais sessões de partidas online com amigos quando ficaram em casa, devido as restrições da pandemia. O efeito da pandemia foi tão pesado para esse crescimento, que quase 20% dos entrevistados afirmam que gastaram entre 500 e 1250 reais com equipamentos para jogos, desde consoles, até mesmo jogos, controles, headsets, entre outras coisas.

PUBLICIDADE

2 COMENTÁRIOS